apoio apoio

Evidências com cabotegravir/rilpivirina: o que dizem os estudos FLAIR, ATLAS e FLAIR-2M?

Evidências com cabotegravir/rilpivirina: o que dizem os estudos FLAIR, ATLAS e FLAIR-2M?

Os trabalhos “A combination of viral and participant factors influence virologic response to long-acting cabotegravir and rilpivirine: a multivariable and baseline factor analysis across ATLAS, FLAIR, and ATLAS-2M phase 3 studies” e “Safety and efficacy of cabotegravir + rilpivirine long-acting with and without oral lead-in: FLAIR Week 124 results” foram hoje, 8 de outubro, apresentados numa sessão de comunicações orais. Convidada a comentar estes resultados, a Dr.ª Raquel Tavares, infecciologista no Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, destacou os resultados positivos obtidos com a terapêutica injetável de longa ação.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Receba em primeira mão todas as notícias