apoio apoio

Quais as implicações dos novos dados dos estudos GEMINI na prática clínica?

Quais as implicações dos novos dados dos estudos GEMINI na prática clínica?

Os dados às 144 semanas dos estudos GEMINI 1 & 2 serão apresentados durante a edição do HIV Glasgow 2020, um evento científico que termina amanhã, dia 8 de outubro. Estes dados mostram que o braço da terapêutica dupla (com dolutegravir/lamivudina) foi não-inferior ao braço da terapêutica tripla convencional, neste caso com dolutegravir + TDF/FTC. Convidado a comentar estes dados, o Dr. Eugénio Teófilo, internista no Centro Hospitalar de Lisboa Central (Hospital dos Capuchos), afirmou que, “com três anos de seguimento, os dados deste estudo irão facilitar a utilização desta terapêutica como estratégia de simplificação”. Assista ao vídeo.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo

Newsletter

Receba em primeira mão todas as notícias